terça-feira, 3 de setembro de 2013

Tenista supera tragédias e deixa o Haiti para brilhar no US Open

sportv.com

Victoria Duval, de apenas 17 anos, elimina campeã de 2011 e conquista
o público, após ser refém de assalto e ter o pai soterrado em terremoto

Ser a número 296 no ranking mundial pode não parecer um grande feito. Porém a jovem Victoria Duval, de apenas 17 anos, já tem motivos para se orgulhar. A tenista superou uma infância complicada no Haiti e sobreviveu a um assalto no qual foi refém aos sete anos de idade. Em 2010, após terremoto que matou mais de 315 mil pessoas, ainda teve o pai soterrado por 11 horas.

Depois de tanta superação, Victoria se destacou no US Open, onde conseguiu derrubar a australiana Samantha Stosur, campeã do Grand Slam em 2011 e 11ª do ranking da WTA (assista ao vídeo).

- Este foi apenas mais um torneio, vou continuar trabalhando duro. Eu me saí melhor do que no ano passado. Estou feliz com isso - disse Victoria, depois da eliminação.
Victoria Duval, aos 17 anos, fez história no US Open
(Foto: Reuters)

Nascida nos Estados Unidos, a tenista passou parte da infância no Haiti, mas voltou ao país de origem, onde mora até hoje, após um assalto na casa dos tios, aos sete anos de idade. Porém, a atleta tinha apenas 14 anos quando viveu um dos momentos mais difíceis de sua vida. Seu pai, Jean-Maurice Duval, ficou 11 horas soterrado em escombros após o terremoto. A jovem foi o elo da família e a responsável pela superação da tragédia.

- Ao invés de ser eu quem deveria ser forte nesse momento, ela foi quem nos manteve juntos. Ela me segurou e disse: "Mãe, não se preocupe, vamos sair dessa". Esse é o tipo de pessoa que ela é, sempre muito forte. Ela tem uma vontade muito grande - disse dona Nadine, mãe da tenista.

Aos 17 anos, Victoria Duval conseguiu um feito e tanto. Diante da torcida que lotou o estádio Louis Armstrong, derrubou Samantha Stosur, campeã do Grand Slam em 2011 e 11ª do ranking da WTA. A jovem americana deixou o público em delírio ao vencer a rival em 2 sets a 1, parciais 7/7, 6/4 e 6/4. Na segunda rodada, enfrentou a eslovaca Daniela Hantutchova e não conseguiu se manter na disputa.

Samantha Stosur perdeu para Victória no estádio Louis Armstrong durante o US Open (Foto: AFP)

Ousada desde o início, Victória ganhou ainda mais a simpatia da torcida ao festejar muito seus pontos e não esconder a irritação nas falhas. A jovem recebeu aproximadamente 110 mil reais com o jogo da primeira fase e para o pai, sobrevivente do terremoto, ver a filha brilhar só traz alegrias.

- É uma ótima sensação. É uma explosão de alegria - disse.
Postar um comentário