sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Haiti conta 9 mortos por efeitos do furacão "Sandy"




Foto: REUTERS/Swoan Parker.

Nove pessoas morreram em várias regiões do Haiti em consequência dos efeitos do furacão "Sandy", informou nesta quinta-feira o primeiro-ministro haitiano, Laurent Lamothe.

Trata-se de um balanço provisório, e o recolhimento dos dados continua a cargo das autoridades correspondentes, acrescentou o chefe do Gabinete haitiano.

Por enquanto, a imprensa local informa que uma pessoa morreu na cidade de Camp-Perrin, outra em Coteaux e uma mais em Torbeck, todas no sul do país, enquanto outras três faleceram em Petit-Goave, no oeste haitiano. Essas três novas vítimas se somam ao balanço de três mortos que foi divulgado anteriormente.

Lamothe anunciou que o Governo haitiano desembolsará US$ 5 milhões dentro das próximas 48 horas para fazer frente às emergências causadas pelas chuvas e inundações de "Sandy".

O primeiro-ministro afirmou que as intervenções urgentes devem cobrir a "resposta imediata" durante os dois próximos dias, as despesas com estruturas que representam o Poder Executivo nos departamentos afetados e o "apoio aos povoados atingidos".

Esta operação se refere especialmente aos departamentos de Oeste, Sul, Sudeste, Nippes e Grand Anse, e levará assistência a 219 mil famílias.

A Defesa Civil, por sua vez, informou que 1.372 casas foram destruídas no sul do país, especialmente perto do litoral, enquanto 5.665 pessoas se encontram em abrigos provisórios.
Postar um comentário