domingo, 28 de outubro de 2012

Furacão Sandy mata 51 no Haiti

AFP


Ponte foi carregada pelas águas depois da chegada do furacão Sandy no Haiti.
Foto: AFP

PORTO PRÍNCIPE — O passagem do furacão Sandy pelo Haiti deixou 51 mortos, 15 desaparecidos e 19 heridos, enquanto as autoridades prosseguem com a avaliação dos danos causados por mais de 500 mm de chuvas que caíram em algumas regiões do país.

O boletim precedente informava 44 mortos.

Neste domingo, a direção da Defesa Civil do Haiti informou que suas equipes, auxiliadas por especialistas internacionais, iniciaram a avaliação dos prejuízos.

O primeiro-ministro haitiano, Laurent Lamothe, sobrevoou no sábado de helicóptero as regiões afetadas para observar os estragos provocados por Sandy, mas "será preciso esperar os próximos dias para se obter dados mais específicos", destacou a Defesa Civil.

A região mais afetada pelo furacão foi o departamento do Oeste, que inclui Porto Príncipe, onde 20 pessoas morreram, com famílias inteiras sendo soterradas por deslizamentos.

No sul do Haiti, Sandy deixou 18 mortos e inundou amplas áreas de plantios, além de destruir estradas e pontes.

Neste domingo, várias cidades estavam isoladas devido à destruição de estradas e pontes.
Postar um comentário