terça-feira, 21 de agosto de 2012

Brasil é um dos maiores doadores de alimentos do mundo

Hnews


Em todo o ano passado, País doou mais de 300 mil toneladas de comida para 35 países

O Brasil, que até agosto deste ano já doou US$ 75 milhões em comida para países que enfrentam situações de crise, passou a ser considerado um dos maiores colaboradores do Programa Mundial de Alimentos (PMA), da comunidade internacional. O País também é apontado como destaque no que se refere ao apoio à ajuda humanitária.

Em todo o ano passado, o governo brasileiro – que manterá as doações até 2014 -, doou mais de 300 mil toneladas de comida para 35 países. Segundo o PMA, a atuação do Brasil, tanto na doação de alimentos como na assistência humanitária internacional, tem sido de grande importância.

O objetivo é doar, até o fim deste ano, 90 mil toneladas de arroz para a Bolívia e Honduras, na América Latina, e para Burundi, Congo, Etiópia, Gâmbia, Uganda, Moçambique, Níger, Senegal e Zimbábue, na África.

Além dessas ações, o País também colabora com missões de paz no Haiti, cujo governo atua para buscar a estabilidade política, econômica e social, e na Síria, que enfrenta confrontos internos há 17 meses devido às divergências entre o governo e a oposição.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o Brasil mantém outras inúmeras parcerias com diversos países, com o objetivo de estimular a produtividade agrícola e o desenvolvimento rural, em prol da segurança alimentar.

O diretor do Centro de Excelência do Programa Mundial de Alimentos para a África, Daniel Balaban, que atua em parceria com o Brasil, afirma que as experiências em programas de alimentação escolar – que têm produtos comprados de pequenos agricultores locais -, podem enriquecer o debate entre o Brasil e os governos africanos para promover o direito à alimentação.

É o caso do Haiti, o país mais pobre das Américas, que já recebeu mais de 24 mil toneladas de arroz e feijão brasileiros desde que o terremoto assolou o país em janeiro de 2010. Já na África, foram doados mais de 65 mil toneladas de milho e feijão.

Centro de Excelência contra Fome

Em novembro de 2011 foi inaugurado em Brasília o Centro de Excelência contra Fome, que é uma parceria entre o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas e o governo brasileiro.

O centro busca ser uma espaço global de intercâmbio de experiências, desenvolvimento de capacidades, promoção da cooperação sul-sul e de redes de proteção social efetivas. Essa colaboração visa compartilhar conhecimentos e experiências de êxito na área de alimentação escolar, nutrição e segurança alimentar e nutricional.

Além disso, o centro também tem como objetivo apoiar a criação e a implementação de uma nova geração de programas de alimentação escolar sustentáveis e de incrementar a capacidade global de desenvolver programas sustentáveis, no âmbito da promoção da segurança alimentar e nutricional das populações.

Fonte: Portal Brasil
Postar um comentário