terça-feira, 27 de março de 2012

Acordos e projetos concretos fortalecem laços dominicano-haitianos

Noticias de Prensa Latina


Santo Domingo, 27 mar (Prensa Latina) Ao finalizar a visita oficial do presidente haitiano, Michel Joseph Martelly, à República Dominicana, seu homólogo Leonel Fernández defendeu o fortalecimento dos vínculos de amizade e cooperação entre ambas nações.

O chefe de Estado dominicano destacou o reconhecimento com a ordem de Duarte Sánchez e Mella, no grau de Grande Cruz Placa de Ouro, que outorgou ao governante haitiano.

Segundo Fernández, o Haiti está superando sua instabilidade política e dirige-se para um Estado democrático de direito, uma das grandes aspirações do presidente Martelly.

Neste momento -agregou-, enfrenta os desafios da reconstrução do Haiti, agora olhando para o longo prazo com uma agenda de desenvolvimento binacional, por isso acha que há motivo de celebração no dia de hoje.

Ao agradecer a Fernández a distinção, Martelly disse estar duplamente emocionado, pois é a primeira condecoração feita pela República Dominicana e que recebe das mãos de irmãos e amigos.

Fez um reconhecimento a seu homólogo dominicano por sua vontade e compromisso de desenvolver não somente o Haiti, mas a ilha completa.

Esse compromisso fez-se efetivo nas iniciativas tomadas por Fernández na comissão bilateral, por sua presença quando ocorreu o terremoto no Haiti, pela Universidade de Limonade, pela oportunidade que nos dá para formar outras gerações, essa solidariedade é a que buscamos, a amizade sincera, sublinhou Martelly.

A delegação haitiana esteve representada pelos ministros de Relações Exteriores e Cultos, Laurent Lamothe; do Interior, Thierry Mayard-Paul; de Agricultura, Hebert Docteur; de Planejamento, Jude Herve Day; e de Meio Ambiente, Joseph Ronald Toussaint.

Também integraram a comitiva o senador pelo Departamento do Sul-Leste, Joseph Lambert; entre outros.

Após despedir-se de Martelly e da delegação haitiana, o presidente Fernández ressaltou que a reunião da Comissão Mista Bilateral tem um significado diferente, porque se elaborou uma série de projetos de muito benefício para ambas nações.

Em tal sentido, mencionou o tema migração, comércio, investimento, meio ambiente e o setor produtivo, especialmente agropecuário e segurança na fronteira.

Detalhou que durante a visita de Martelly foram assinados seis protocolos nas referidas áreas e se criou o Fundo Bolivariano de Solidariedade para financiar muitos destes projetos.

Será iniciará com um projeto de eliminação do uso do carvão vegetal para cozinhar e o substituir por botijões de gás liquefeitos, para avançar em um projeto de preservação da floresta, acrescentou o presidente.

Outro é relativo à reforma de uma represa e à construção de outra em Artibonito, à construção de quatro hospitais em cidades fronteiriças com a República Dominicana, do nosso lado, em Jimaní, Dajabón, Elías Piña e Pedernales e do lado haitiano, Malpasse, Belladere, Anse la Pitre e Juana Méndez.

Um hospital que possa cobrir as necessidades, mantendo o tema de saúde como tema prioritário e evitar na República Dominicana e do lado haitiano a dengue, a malária, o HIV/Sida, indicou.

Fernández revelou que tratou com seu homólogo haitiano temas de interesse mútuo e que foram assinados acordos de entendimento para continuar abordando-os com maior profundidade.
Postar um comentário