quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

ONU inocenta soldados brasileiros no Haiti - Yahoo!

Yahoo!

Por Marcelle Ribeiro (marcelle@sp.oglobo.com.br) | Agência O Globo

SÃO PAULO - Uma investigação das Nações Unidas concluiu que os oito soldados brasileiros acusados de espancar três haitianos em dezembro passado são inocentes.

Segundo o comandante das tropas de Paz da ONU no Haiti, general Luiz Eduardo Ramos, o rastreamento dos sinais de celular e GPS prova que os militares não estavam no local do crime. Além disso, o carro com a placa que as supostas vítimas afirmam que teria sido usado pelos brasileiros estava estacionado no quartel.

- Fizemos uma reconstituição. A testemunha alega que viu a agressão de um ponto. Mas, de lá, não se consegue ver onde ela teria ocorrido - afirma o general.

Segundo Ramos, apesar de o relatório apontar a inocência dos soldados, uma equipe do Exército vai ao Haiti para avaliar as investigações e reconfirmar o resultado.

A ONG Rede Nacional de Defesa de Direitos Humanos (RNDDH) denunciou os soldados brasileiros por supostamente espancar três jovens em La Salina, próximo à capital haitiana, deixando-os à beira da morte.

Postar um comentário