quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Cólera mata 20 pessoas no Haiti

TVI24

Novo surto está a afectar o sul do país das Caraíbas
11/10/2011- 9:30

A epidemia da cólera que assolou o Haiti no ano passado está a ressurgir no sul do país, onde foram registadas cerca de 20 vítimas nos últimos dias, assegurou na segunda-feira Guillaume Silvera, responsável regional da Proteção Civil haitiana.

«Na semana passada, sete pessoas morreram na cidade de Anse d`Hainault, cinco na cidade de Fond Cochon e quatro em Irois, tendo sido hospitalizados novos pacientes entretanto», disse Guillaume Silvera à AFP, observando que foram identificadas outras vítimas noutros locais mais remotos.

«As vítimas registaram-se na região de Grand-Anse, no extremo sul do país, nos municípios onde as estruturas de acolhimento de doentes foram fechadas por falta de meios», indicou o coordenador dos Médicos do Mundo no Haiti, Jean-Kith Dely.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Haiti: um lindo país de contrastes!

Viagem para o Haiti

Para quem está planejando uma viagem para este belo país, deve fazer uma lista de lugares para conhecer no Haiti, afim de não perder nenhum ponto turístico importante do país. E para auxiliar os interessados a se aventurarem neste lindo país, vamos listar alguns pontos turísticos importantes do Haiti.



Citadelle: Um monumento que foi construído entre 1805 e 1820, no topo do monte La Ferrière, de 875m. O intuito da obra era controlar as abordagens ao norte da ilha. Com 4 metros de espessura e 40 metros de muros altos, e o impressionante número de 20.000 homens trabalharam na sua construção. Atualmente funciona como museu.



Labadie Island: considerada uma das maiores atrações turísticas do país Labadie é uma Ilha. Esta ilha é conhecida por sua beleza de tirar o fôlego. O ideal é que o turista faça um cruzeiro à volta da ilha e verifique as suas baías e praias maravilhosas. Aqui você pode verificar os recifes do Acul baía. Também é possível uma visita a vila do Caracol (provavelmente deve ser cobrada uma taxa dos turistas pela visita). Você também pode verificar a ilha Amiga Island e aproveitar sua vista com a paisagem verde exuberante desta excêntrica ilha.



Barbancourt Rum Distillery: É uma atração turística bastante popular no Haiti. É possível que o turista faça uma visita a esta cerveja e cachaça para observar a maneira com que as bebidas são feitas.



Plaine du Cul de Sac: Este é, de fato, um grande trecho de terra fértil que se encontra junto a capital do país Porto Príncipe para a fronteira com a República Dominicana. Lá estão localizados vários lugares atraentes, como uma cidade de Croix des Bouquets com o seu maior mercado de gado no Haiti. No sudeste há Plaine du Cul de Sac Parque Nacional de Forêt Pines com os restos do original densas florestas de pinheiros.

sábado, 17 de dezembro de 2011

ONU investiga acusações contra brasileiros no Haiti | Manchetes | Reuters

NAÇÕES UNIDAS, 16 Dez (Reuters) - A ONU anunciou nesta sexta-feira a abertura de um inquérito sobre acusações de lesão corporal e tentativa de homicídio supostamente cometidas por soldados brasileiros no Haiti, em mais um incidente que abala a imagem da força internacional de paz no país.

A imprensa haitiana disse que vários soldados da Minustah (força da Organização das Nações Unidas no Haiti) agrediram duramente e deixaram à morte três jovens haitianos no começo desta semana.

"A missão está fazendo de tudo para estabelecer os fatos assim que possível", disse Farhan Haq, porta-voz da ONU, a jornalistas.

"(A Minustah) reitera sua política de tolerância zero a respeito dos desvios de conduta do seu pessoal, e irá examinar todas as acusações com a máxima seriedade", afirmou.

Não é a primeira vez que a Minustah é recriminada no Haiti. Muitos haitianos já exigiram a retirada completa dessa força devido às suspeitas de que soldados nepaleses da ONU teriam iniciado uma epidemia de cólera no país, ao contaminarem um rio com fezes. A acusação motivou violentos distúrbios no ano passado.

No começo desse ano, surgiram acusações de que soldados uruguaios teriam violentado sexualmente um homem.

Em outubro, o Conselho de Segurança da ONU decidiu reduzir em 2.750 soldados e policiais o contingente da Minustah, mantendo-a com pouco menos de 10.600. Dessa forma, a força internacional voltou ao mesmo tamanho que tinha antes do terremoto que devastou Porto Príncipe em janeiro de 2010.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Haiti: Banco Mundial aprova plano de ajuda no valor de 255 milhões de dólares

SIC Notícias

Port-au-Prince, 02 dez (Lusa)

O Banco Mundial (BM) vai gastar 255 milhões de dólares (189 milhões de euros) para ajudar os haitianos, limpar bairros e enviar crianças para as escolas no próximo ano ao abrigo de um plano aprovado na quinta-feira.

Os novos fundos visam combater as carências críticas no Haiti, numa altura em que se aproxima o segundo aniversário do sismo de 12 de janeiro de 2010 que causou 300 mil mortos, destruiu milhares de casas e centenas de escolas e obrigou à retirada de um milhão de haitianos.

O dinheiro deve ser utilizado para facultar habitação a cerca de 22.500 pessoas, muitas das quais se encontram ainda a viver em centenas de acampamentos estabelecidos na sequência do tremor de terra.