quarta-feira, 4 de maio de 2011

ONU entrega ao Haiti relatório sobre origem da cólera

Nações Unidas, 4 maio (Prensa Latina) Nações Unidas entregará hoje ao governo do Haiti as conclusões de uma equipe de especialistas experientes que pesquisou a origem da epidemia da cólera que estourou faz sete meses nesse país.

  O estudo foi realizado por um grupo de especialistas conformado pela organização mundial perante as inúmeras denúncias de que o foco da doença foi provocado por soldados do Nepal da missão da ONU no Haiti.

Segundo explicou hoje o porta-vos oficial das Nações Unidas, Martin Nesirky, os encarregados da pesquisa reuniram-se ontem com o secretário geral, Ban Ki-moon, a quem apresentaram seu relatório final.

Esse documento será publicado após ser posto nas mãos das autoridades haitianas, em uma audiência prevista para esta quarta-feira em Porto Príncipe.

A crise da cólera, com umas cinco mil mortes até agora, surgiu no meio da tragédia registrada no Haiti a partir do terremoto de 12 de janeiro de 2010 que deixou mais de 300 mil mortos e um milhão 300 mil pessoas sem morada.

As acusações contra os capacetes azuis da ONU foram compartilhadas por reconhecidos especialistas, como o epidemiologista francês Renaud Piarroux.

O grupo investigador criado por Nações Unidas no limiar de janeiro passado está encabeçado pelo mexicano Alejandro Cravioto, do Centro Internacional de Investigações de Doenças Diarréicas, de Bangla Desh.

Também o integram o peruano Cláudio Lanata, do Instituto de Investigações Nutricionais de Peru, a norte-americana Daniele Lantagne, da Universidade de Harvard, e o índio Balakrish Nair, do Instituto da Cólera e Doenças Intestinais da Índia.
Postar um comentário