terça-feira, 10 de maio de 2011

Brasil deve aportar US$ 70 milhões para projetos de saúde no Haiti

04/05/2011 - 17h41
Carolina Pimentel
Repórter da Agência Brasil
Brasília – O Brasil deve emprestar US$ 70 milhões para projetos de saúde no Haiti. Representantes do Ministério da Saúde do Brasil trataram com a equipe de saúde do novo presidente haitiano, Michel Martelly, sobre o projeto de ajuda. A intenção é dar continuidade às ações de apoio ao país caribenho.
Iniciado no ano passado, o projeto prevê a construção de um hospital para pronto-atendimento com 40 leitos e de um instituto para reabilitação de pacientes e a reforma de dois laboratórios até o fim do ano.
De acordo com o ministério, 30 ambulâncias serão doadas ao governo haitiano no segundo semestre. Médicos brasileiros ajudarão na campanha de vacinação contra a rubéola e o sarampo, que será iniciada no próximo dia 9. Além do Brasil, o governo cubano também participa do projeto de ajuda aos haitianos.
Martelly assumirá a presidência do Haiti no dia 14 de maio. Ele venceu as eleições gerais, no segundo turno. Conforme os dados oficiais, Martelly obteve 67,57% dos votos e a sua oponente Manigat recebeu 31,7%.
Postar um comentário