quarta-feira, 20 de abril de 2011

Reconstrução do Haiti visa mais resistência aos terremotos

Reconstrução do Haiti visa mais resistência aos terremotos - 20/04/2011

DA EFE

O processo de reconstrução do Haiti após o terremoto de 2010 é lento e custoso devido em grande parte à difícil tarefa de criar um país mais resistente aos sismos. A avaliação é de um especialista em sismologia para o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

Diante das críticas pela lentidão da reconstrução, Eric Calais, professor da Universidade Purdue e encarregado de desenvolver uma estratégia para reduzir o impacto de futuros terremotos no Haiti, lembrou a magnitude da tragédia vivida no país em 2010.

Destacou que o Haiti está imerso no processo de reconstrução de um terremoto que destruiu o 100% de seu PIB (Produto Interno Bruto) e acabou com a vida de mais de 200 mil pessoas.

"Esse processo não é nada fácil nessas condições", assegurou. "Sabemos o que é preciso fazer. Se não podemos prever quando vão ocorrer os terremotos, podemos desenhar e aplicar medidas que suavizem suas consequências", acrescentou Calais.

Postar um comentário