segunda-feira, 21 de março de 2011

Abstenção nas eleições no Haiti é menor que no 1º turno

Agência Brasil


BRASÍLIA - O chefe da missão das Nações Unidas no Haiti, Edmond Mulet, afirmou neste domingo (20) que a participação dos eleitores no segundo turno das eleições presidenciais, que ocorrem hoje (20) no país, é maior do que a registrada na primeira etapa, em novembro.“Constatei várias mudanças em relação a 28 de novembro. A participação é mais elevada”, disse ele.

Mulet afirmou que foram registrados apenas “atrasos e pequenos problemas”. Mas, segundo ele, essas dificuldades “estão sendo resolvidas”. “As pessoas sabem que hoje é um grande dia para o Haiti. Tudo corre bem, e vai ser pacífico”, disse.

Os problemas identificados foram a demora da abertura das urnas em alguns locais e a falta de tinta para marcar o dedo do eleitor que votou, segundo o chefe da missão de observadores da Organização de Estados Americanos (OEA), Colin Granderson. “Pedimos ao Conselho Eleitoral que resolvesse os problemas”, disse.

Os haitianos começaram hoje a votar às 6 horas. Às 16 horas as urnas serão fechadas. Os eleitores estão escolhendo entre o cantor Michel Martelly e a ex-primeira-dama Mirlande Manigat. Foram organizados 11 mil locais de votação. Os primeiros resultados serão divulgados no dia 31 deste mês, e a conclusão apenas em 16 de abril.
Postar um comentário